Quem não tem coração e atitude de ovelha, não serve para ser pastor. A autoridade provém da submissão e o governo é legitimado pelo serviço.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Sobre a parada Gay - Palavra oficial

Que fique bem claro!

A Igreja Metodista no Brasil não se faz representar na para da Gay de Sâo Paulo e em nenhuma atividade ou evento desta natureza. A Igreja Metodista é evangélica e tem um testemunho de quase 300 anos em todo mundo. Nossa posição como Igreja no Brasil não comunga em hipótese alguma com o movimento gay. Nossa Missão é transformar o mundo pela experiência de conversão das pessoas a Cristo.

Gostaria de pedir aos irmãos e irmãs que este esclarecimento fosse difundido para que a verdade prevaleça e nós metodistas não sejamos contados com uma prática que absolutamente não comunga com nossas convicções de fé e prática missionária.

A Igreja Metodista no Brasil se posiciona por meio do presidente do colégio Episcopal, Bispo João Carlos Lopes, declarando sua posição sobre este assunto em nota:
Tendo em vista a notícia veiculada pelo jornal O Estado de São Paulo em 07/06/2011 de que "metodistas" estarão participando de um trio elétrico na 15ª Parada do Orgulho LGBT em São Paulo, declaramos:
1 - Nenhum indivíduo participante daquela parada o faz em nome da Igreja Metodista;
2 - A Igreja Metodista não se faz representar em paradas ou qualquer evento dessa natureza. Sua posição sobre o assunto está claramente definida nos cânones da igreja e nos documentos do Colégio Episcopal.


Rio de Janeiro, 09 de junho de 2011
Bispo João Carlos Lopes
Presidente do Colégio Episcopal

Nenhum comentário:

Postar um comentário