Quem não tem coração e atitude de ovelha, não serve para ser pastor. A autoridade provém da submissão e o governo é legitimado pelo serviço.

domingo, 30 de outubro de 2011

Planeje com Antecedência

“Primeiro diga a si mesmo o que você deveria ser; depois faça o que tem de fazer.” — Epíteto

Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos. — Provérbios 16.9

Tive recentemente uma consulta com um nutricionista e personal trainer que está trabalhando comigo para que eu possa ter uma ótima saúde e energia. Depois de me avaliar e passar o meu programa, ele disse: “Será impossível você fazer isso se não planejar com antecedência.” Tenho de voluntariamente planejar ir à loja de produtos naturais para que eu possa ter muitas opções de alimentos apropriados em casa. É fácil fazer escolhas alimentares erradas, se você não tiver opções saudáveis disponíveis. Quando viajo, tenho de planejar com antecedência e levar alimentos não perecíveis comigo que estejam de acordo com meu programa. Quando como fora, preciso saber que tipo de comida o restaurante serve para que eu possa ter certeza de que contém produtos em seu cardápio que satisfaçam as minhas exigências. Todas essas coisas levam tempo e requerem um esforço extra, mas são vitais se eu quiser alcançar o resultado que desejo.

Também preciso realmente me planejar com antecedência, a fim de arrumar tempo para me exercitar. Preciso fazer musculação e procurar uma oportunidade para ir à academia. Tenho de acordar cedo e, eventualmente, dizer não a outras saídas que irão me impedir de atingir meu objetivo. Não tenho de ser legalista, mas tenho de ser disciplinada.

A maior parte de minha vida eu detestei a idéia de programas de exercícios e tinha certeza de que não tinha tempo para isso até que Deus realmente me mostrou que se eu não ficasse mais forte, não teria condições de cumprir Seu chamado em minha vida. É incrível o que podemos fazer se realmente quisermos. Na maioria das vezes usamos a desculpa de “eu não tenho tempo de” para as coisas que não queremos fazer. Mas a verdade é que nunca dedicamos um tempo para fazê-las. Todos nós temos a mesma quantidade de tempo a cada dia e é nossa responsabilidade o que fazemos com ele.

No mínimo, deveríamos ser honestos para com nós mesmos e com os outros e dizer: ”Eu não faço isso porque não quero dispensar tempo, energia e esforço nisso.” A verdade é que nos liberta (ver João 8:32), portanto se formos bastante honestos e sinceros com nós mesmos, talvez possamos ver uma mudança positiva.

Estes princípios irão ajudá-lo em qualquer área de sua vida, de forma que o encorajo a orar e decidir o que você quer fazer com seu tempo e, em seguida, planejar com antecedência para que realmente acabe fazendo isso. Se você realmente quiser fazer algo, terá de ser muito determinado para não deixar que outras coisas roubem seu tempo. Terá de comandar sua vida em vez de permitir que ela comande você.

Pg.130.-131. Meyer, Joyce. 100 Maneiras de Simplificar sua vida.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Não Deixe o trabalho Acumular

“O ócio é um pecado constante e o trabalho é um dever. A ociosidade é a oficina do diabo para a tentação e para reflexões desorientadas e não proveitosas, ao passo que o trabalho tem valor para os outros e para nós mesmos.” — Anne Baxter


Em tudo o que fiz, mostrei-lhes que mediante trabalho árduo devemos ajudar os fracos, lembrando as palavras do próprio Senhor Jesus, que disse: “Há maior facilidade em dar do que em receber”— Atos 20:35


Você se sente sufocado quando olha ao redor e pensa seriamente em quantas coisas precisa fazer? Uma boa maneira de simplificar sua vida é nunca deixar o trabalho acumular. Quando você está diante de um projeto que não quer fazer, é fácil decidir realizá-lo posteriormente ou esperar até amanhã. Mas você tem de exercer a força de vontade para permanecer numa tarefa e não desperdiçar o tempo encontrando desculpas para não terminar seu trabalho. Você já deve ter ouvido a frase: “Cabeça vazia é oficina do diabo”.
Quando nos permitimos ser ociosos podemos encontrar um milhão de desculpas para nos impedir de ficar ocupados. Você pode dizer a si mesmo: “Preciso de mais tempo para cuidar desse projeto do que disponho hoje” ou você pode dizer: “Estou só muito cansado”. Você pode meramente convencer a si mesmo: “Eu simplesmente não sou capaz de tratar disso agora.” Seja qual for a desculpa que você cria, a verdade é que, se você estivesse ocupado trabalhando, sua mente não teria tempo para vir com desculpas e os trabalhos não se acumulariam.


Viver uma vida simples requer autocontrole. Você deve decidir o que precisa ser feito e sistematicamente executar. Não há desculpas! Pode ser duro no início, especialmente se você não tiver sido disciplinado no passado, mas as recompensas da ordem e domínio próprio valem a pena o esforço. A Bíblia diz que a disciplina traz frutos de paz (ver Hebreus 12:11).


Se você acredita em seu coração que o projeto em questão é algo que você deveria fazer, então eu o encorajo a tomar uma decisão de não adiá-lo a menos que enfrente uma situação de emergência que não pode controlar. Resolva e mantenha-se decidido a completar o trabalho! Quando você o fizer, vai se sentir melhor consigo mesmo e terá a alegria simples de saber que fez o que era certo.

Pg.128.-129. Meyer, Joyce. 100 Maneiras de Simplificar sua vida.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Seja uma Pessoa Fácil de Conviver


“Reunir-se é um começo, permanecer juntos é um progresso e trabalhar juntos é um sucesso.”  —Henry Ford

Sem mais, irmãos, despeço-me de vocês! Procurem aperfeiçoar-se, exortem-se mutuamente tenham um só pensamento, vivam em paz. E o Deus de amor e paz estará com vocês.
— 2 Coríntios 13.11
maioria de nós provavelmente gostaria que as pessoas em geral fossem mais agradáveis e fáceis de conviver, mas já consideramos o nosso próprio desempenho nessa área? Por exemplo, como você reage quando não consegue o que deseja? Fica facilmente magoado? É inseguro e precisa de muita atenção para se sentir bem consigo mesmo? Como lida com a correção? É flexível? Você tem maneiras muito específicas de querer que as coisas sejam feitas e, se não forem feitas dessa forma, deixa todo mundo que conhece ciente de que não está feliz? Houve um tempo em minha vida em que as respostas a todas essas questões teriam sido constrangedoras.

Queria mudar todo mundo para que eu pudesse ser feliz, mas Deus me mostrou que, em muitos casos, eu era o problemaA verdade simples é que eu era difícil de agradar e fácil de me irritarQueria as coisas de meu jeito e se não fosse assim eu não reagia de forma muito gentil. Naturalmente, minha atitude complicava minha vida, porque eu passava muito tempo chateada. É impossível desfrutar de uma vida simples, a menos que você seja uma pessoa fácil de conviver.

Foi realmente difícil no início admitir que eu era uma pessoa difícil de conviver, mas quando o fiz, foi o começo de um novo mundo para mim. Rapidamente descobri que era realmente mais fácil adaptar do que exigir que as coisas fossem do meu jeito e passar horas discutindo para obter o que queria.  Constatei que as pessoas davam o seu melhor, e pude parabenizá-las em vez de descobrir a única coisa que não fizeram de acordo com minhas especificações e tomar providências para corrigi-la.

Aprendi que poderia simplesmente deixar passar muitas coisas, pois realmente não faria qualquer diferença no resultado geral. Ao ser capaz de desistir dessas coisas insignificantes, minha vida ficou um pouco mais simples.
Certamente não estou pressupondo que todas as pessoas são difíceis de conviver, mas talvez alguns sejam. Se por acaso você for um deles, então eu sei como se sente, mas posso lhe assegurar que Deus irá ajudá-lo a mudar se você estiver disposto a issoVocê deveria começar a admitir a verdade sobre todas as vezes que foi difícil de conviver com você. Lembre-se que somente a verdade o libertará (ver João 8.32).

Pg.120-121. Meyer, Joyce. 100 Maneiras de Simplificar sua vida.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Quais são teus limites?


Por Pr. Manuel de Brito

Por incrível que pareça, Alexandre Whortley viveu num mini-trailer até morrer, com a idade de 80 anos. O trailer tinha apenas 90cm de largura, 1,20m de comprimento e 1,50m de altura. Era feito de madeira, tinha um teto de metal e alojava o morador e seus míseros pertences. Não importava onde trabalhasse, Whortley escolheu passar a vida nesse espaço tão confinado, embora acomodações maiores sempre estivessem disponíveis.

É improvável que algum de nós escolhesse morar num cubículo, principalmente se tivéssemos à nossa disposição um espaço maior. Será que estamos nos aprisionando em outros tipos de cubículos nos quais podemos inserir a maneira que estamos vivendo? Somos oprimidos por não perdoar? Sofremos por amargura ou maus hábitos? Fomos dominados pela descrença? Limitamos nossa esperança somente naquilo que está ao nosso alcance, enxergando apenas os pequenos limites e a sufocante esperança contida no curto tempo de nossa existência?

Deus quer que experimentemos a imensa alegria que decorre da Sua força, compreendendo a segurança que temos em Sua proteção divina e a bênção de Sua graça. Mas para tanto, temos que sair de nossos limites espirituais e abandonar toda dúvida, culpa e temor que oprimem nossas almas.

Os tentáculos da incredulidade impedem que apreciemos a extensão da graça de Deus.