Quem não tem coração e atitude de ovelha, não serve para ser pastor. A autoridade provém da submissão e o governo é legitimado pelo serviço.

segunda-feira, 17 de março de 2014

Encontro com Deus: 2 a 4 de maio




Anotações de Leitura: Critérios Práticos de um Líder de Célula

Anotações da leitura do Livro Critérios Práticos de um Líder de Célula, escrito por Elvis Oliveira - pastor da Igreja da Paz em Sorocaba trabalha em células na sua igreja na visão MDA (Método de Discipulado Apostólico).

As considerações observadas neste livro são:

1) O autor usa o exemplo de seu pastor e discipulador da Igreja da Paz de Fortaleza, onde ele cita que a igreja vive como a igreja primitiva reunindo-se em lares, mas reforça que isso não se trata de opção, mas que o coração da igreja e o centro de todas as atividades são as Células de Crescimento e Multiplicação na Visão MDA.

2) A oração é o primeiro passo para ter sucesso em sua célula. Orar pelos seus discípulos todos os dias, orar pelos discípulos dos seus discípulos.

3) O princípio de cada um cuidando bem do novo convertido.

4) A importância da prestação de conta do discípulo ao seu discipulador.

5) A participação fielmente do Treinamento Avançado da Liderança.

6) A questão de ser dizimista. Neste ponto o autor deixa claro que eles não obrigam ninguém a dar dízimo e oferta, porém que não tem essa prática é ladrão, e que ladrão não pode ser líder de célula.

7) O comprometimento do discipulador com o discípulo, sempre trabalhando cada discípulo a se tornar um novo líder de celular.

8) Trabalhar o Natanael 3, isso significa o discípulo trazer ao discipulador o nome de três pessoas que quer apresentar Jesus a elas.

9) Fazer da célula um lugar acolhedor e receptivo, dando atenção aos visitantes e ensinando um a cuidar do outro.

10) Ter momento de comunhão com os discípulo.

11)Levar o discípulo e os discípulos dos discípulos a participarem dos cultos de celebração e do Tadel.

12) Tirar oferta missionária.

13) Prestar relatórios semanais ao seu discipulador.

14) 40% da comunhão acontecem na reunião da célula, e 60% acontecem fora da reunião semanal.

Esses foram alguns pontos notáveis nesse livro, os quais quero praticar na minha vida. O interesse é que não se trata de um programa, mas sim um estilo de vida, como na Igreja do pastor Abe Huber, que todas as nossas atividades estejam focadas no viver em célula, evangelizando e ensinando as pessoas nos caminhos de Jesus.

Nain Vieira Almeida